quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Quis...

Lutei para gritar felicidade, mas saiu como um sussurro quando brotou uma pequena dificuldade, quis que a esperança revogasse, que o mundo desabasse, que a Terra brecasse e deixasse de girar, quis que a vida fosse breve, que o mundo fosse bomba, que o rancor me corroesse, quis entender o porquê de todo empenho ser em vão, todas as desculpas terem quantidade, todo amor ter limite, toda beleza ter validade, quis encontrar alguma compaixão, achar uma nova religião, andar sempre na contra-mão, quis desistir de ser alguém, de procurar a lucidez e entender minha missão. Percebi que não tinha procurado saber até onde minha compaixão e meu amor por mim mesma iria, e agora sei que não tenho dimensão.


Giulia Campanha

5 comentários:

Jessica B. disse...

Me encho de orgulho de ti. Parabéns mais uma vez!

Mariana Gazolla disse...

ai gih, nem preciso dizer. ta mtmt bom. parabéns

Lucas Dantas disse...

Escreves muito bem, parabéns! E obrigado por seguir meu blog... estou seguindo o seu ;)

Mister Neurotic disse...

Você A-HA-ZAA garota.

HEG disse...

oii , adorei o post e adorei o blog , dua amiga Leticia pediu pra eu te seguir , me segue também ta ?
sempre estarei aqui comentando , beijos
http://saladaheg.blogspot.com/