quinta-feira, 10 de março de 2011

meu eu indignado

Às vezes acho que não sou daqui, ninguém enxerga através de mim, meu silêncio é mal interpretado, meus gestos parecem estar sempre sendo vigiados. Ninguém se lembra das coisas que eu nunca vou esquecer e o que muitos chamam de rancor eu chamo de mágoa. Eu queria tentar olhar a sociedade de outra perspectiva, mas não aguento tanto preconceito tentando me influenciar, tentando fazer que eu seja sempre a peça que parece não se encaixar. Eu gosto da glória de poder chorar sem me sentir menor na vida, de sorrir por poder sair da rotina, de poder entender minhas próprias poesias, de felizmente deixar a vida decidir o que devo fazer. Estava satisfeita com a simplicidade das coisas, mas cresci e notei o prazer que as pessoas tem de dificultar tudo sabe-se lá o porquê. Cansei de esperar uma cena de cinema acontecer, cansei de tanta gente equivocada falando muito e no final não dizendo nada, hoje a casa pode cair que eu não vou fraquejar, aprendi a lutar por mim.


Giulia Campanha 

49 comentários:

J.R. disse...

Temos que correr atrás do que desejamos!!!! Gostei do texto!!! :)

Caio Nijam disse...

Também (penso) não sou daqui!
Vamos fugir?
Whisky para os felizes!

Bom o blog!

Érico disse...

Só digo uma coisa, nunca desista de seus sonhos e lute sempre por seus objetivos :)

Allusion disse...

Ótimo!
Realmente, não podemos ficar esperando que as coisas aconteçam, temos que correr atrás.
Gostei muito de suas reflexões

Fernanda Amylice disse...

Acho que todos sentem um pouco assim. Eua mesma sinto isso á todo momento. Estamos em um mundo tão complicado e cheio de contrdição que mesmo formando o todo parece que estamos fadados ao nada.


http://fernandaamylice.blogspot.com/

diogo disse...

eu também me senti assim deslocado, mas ai tive que me aceitar como sou e tentar ser feliz

Mayara Moraes disse...

Infelizmente essas pessoas sempre vão existir. O mundo tá cheio de pessoas que sentem prazer em nos diminuir, mas é como você falou, o importante é não desanimar. Lindo blog, bem organizado. Beijos

Cássia Cardoso disse...

Putz que bom achava que eu era unica que nao se sentia daqui.
Seguindo teeu blog,se puder me segue tbm,ficarei muito feliz.
http://beautyblack2.blogspot.com/
beijos n_n

ativista disse...

Oie Gi adorei teu blog,adorei tbm a postagem acho que quase todos nos sentimos assim as vezes..
parabéns
Seguindo certo,segue ai tbm.
http://hiphopactivistface.blogspot.com/
abçs

Geicivane disse...

Oiee! Adorei o post! E vc não é a unica a se sentir assim...

http://geiciblog.blogspot.com/

Italo Stauffenberg disse...

encorajador!

texto brilhante!

http://manuscritoperdido.blogspot.com/

Karla Hack dos Santos disse...

Já me peguei sentindo assim...
Acho que faz parte da vida provar de instantes assim... o importante é o que se faz com este sentir!

bELO Post!

;D

Bruno Costa disse...

Viva a luta pela liberdade! Boa sorte, é preciso disposição!

Ygor Dias disse...

muito legal seu blog, gostei muito

estou seguindo

segue lah tambem
www.mundododias.blogspot.com

Habib Sarquis disse...

Espetacular. Tenho mesmo pensamento que você.

http://boomnaweb.blogspot.com/

marciahfernandah disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kah disse...

Gostei do Blog !!

Parabens !!!

Seguindo e comentando........

Segue ai

http://allseriestuff.blogspot.com/

Vitor M. disse...

muitas vezes nossa auto-estima tem q ser o suficiente

Fernanda Ribeiro disse...

Desista de todos, desista do mundo, e dessa pra pior. Vá viver sua vida e ser feliz, os outros, bom, os outros que se fodam ^^

Passa pelo meu se der
www.umaformadepensamento.blogspot.com
valeu ^^

paradigmas universal disse...

batalhas internas.

Dreamy girl disse...

JA me senti assim...
Parabéns pelo blog, estou seguindo.

Gustavo disse...

boa postagem
legl seu blog, eu ja mandei uns amigos meus acessarem

espero q faça o mesmo, se puder.
http://montagenslegais.blogspot.com/

se quiser parceria, fala comigo la no meu blog pelos comentarios.

KGeo disse...

o que me deixa com raiva é que ultimamente muitas pessoas estão ficando idiotas.

Daiane Cristina ♥ disse...

è demais o seu blog!

tô seguindo, se puder dê uma passadinha no meu!!

http://daianecristinasilva.blogspot.com/

Ricardo disse...

Muito bom o blog, adore.
Vou te seguir, mins egue tbm...
http://curioso-ricardo.blogspot.com/

Claudia Alves disse...

Também me sinto estranha assim as vezes
http://www.claudiaalvesinteriores.blogspot.com/

Lucyano disse...

Acredito que quando nos sentimos estranhos assim é que estamos muito perto da sanidade...texto muito bom

http://cinemaparceirodaeducacao.blogspot.com/

Dalyla Carvalho disse...

Texto incrível. Tu escreves muito bem, gostei muito do blog, estou te seguindo! Se quiser me segue também: http://refugiopcional.blogspot.com/ :)

Alex Monteiro disse...

Lindo texto... Seu blog é otimo!
Muito bem organizadoo! Parabéns!
(retribuindoavisita)
Tô Seguindo!
*-*

Suzy Carvalho disse...

pare o mundo, q vamos descer! h ahuaha

À Censura disse...

Interessante e criativo o texto. Parabéns pelo trabalho.
Retribuindo a visita e o comentário no À Censura.
Sucesso.

Tati disse...

Ontem mesmo eu me senti "falando sozinha". E eu nem precisei me esforçar muito... querer ser interpretada, compreendida... simplesmente comentei que estava aflita pq tenho amigos morando no Japão e até agora estamos sem notícias [com toda essa tragédia] e a pessoa que estava falando comigo ignorou completamente meu comentário e começou a falar da sua vidinha medíocre...
... quer saber: não vale a pena perder tempo com gente mesquinha! Não mesmo!

Espero que as coisas melhores por aí!

Macaco Pipi disse...

se bem canalizada a revolta nos fortalece!

Italo Stauffenberg disse...

aqui again.

sucesso sempre!

http://manuscritoperdido.blogspot.com/

Jânio Quadros Notícias disse...

Lindo o texto. As vezes partilho da mesma opinião. Acho que não sou daqui deste planeta.

http://janioquadrosnoticias.blogspot.com

Paula disse...

aprender a lutar por si é a melhor coisa que existe.

Juss ⋆ Junior Oliveira disse...

"Cansei de esperar uma cena de cinema acontecer, cansei de tanta gente equivocada falando muito e no final não dizendo nada, hoje a casa pode cair que eu não vou fraquejar, aprendi a lutar por mim."

Que texto lindo. No final das contas nos tornamos lutadores, em defesa de nós mesmos.

Abraços
Passa no meu blog?
http://inthisboots.blogspot.com/2011/03/1001-falta.html

Pobre esponja disse...

O cinema...o cinema é uma idealização. Acho que todas nossas frustrações vêm do idealizar. Por isso quando assisto filmes assisto a vida.
Quanto menos idealizar, menos cansaço.

bjs menina
Pobre Espoja

Se Beber Não Poste disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Se Beber Não Poste disse...

Muito legal mesmo

Marcia H. Lira disse...

Amei seus textos.
Entendo bem o que é um silêncio mal interpretado, gente dizendo que você é rancorosa onde na verdade, nunca ninguém fez nada pra curar aquela mágoa.

Já tô seguindo!
Segue o meu?
http://www.lira-flor.blogspot.com/

beijos

diego disse...

Curti o blog..parece ser interessante..depois passo com mais calma okay..vlew

http://oirlandes.blogspot.com/

Amores Cruzados disse...

quando crescemos vemos que ninguém nós acompanha, que o que achamos não é o que os outros acham, que as melhores lembraças estão sempre conosco, e ainda soltamos "poxa, só eu lembro? mas foi tão bom" e em um proximo momento ficamos caladas lembrando sozinhas!
aquelejeitoc.blogspot.com

Nathacha disse...

Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
http://medicinepractises.blogspot.com/

gomes1938 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
G. disse...

gostei muito do texto!! parabéns

Amanda e Elidiane disse...

Gostamos do blog e já estamos seguindo, BJ Entre Amigas

MikaelMoraes disse...

bom texto e mto bem escrito. se vc quem o fez parabens. visite-nos e comente tmbm

http://mikaelmoraes.blogspot.com

Macaco Pipi disse...

A REVOLTA NUNCA É PLENA, MATA A ALMA E...KKKK